[DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Manuxa em Qua Jun 15, 2016 11:04 am

A passagem do inverno fora rigida, porém solo dava frutos do trabalho árduo. A fogueira trepidava e homens e mulheres bebiam alegres. Trigos foram colhidos e separados especialmente para os pães sagrados em comemoração a esta data em agradecimento à Frey pela primeira colheita farta pós inverno. Sua paixão estimula a terra a produzir. Em meio a cidadela, os festejos já seguiam. Trigos e frutos da colheitas adornavam a mesa central dos festejos que se seguiam. Horns de bebida em meio a saudações aos deuses e recordações dos ancestrais em meio a cerimonia.

       Solveig, um homem grande, de cablos longos e loiros, divertia-se com duas mulheres lindas em meio às suas bebidas. Tentava jogar sua lábia para levar as duas para “comemoração especial” . Ele não parecia ser bom nisto.

       - BARTHOR! - Um grande braço envoltara seu pescoço em surpresa. Era Hrafnkell , companheiro habilidoso em batalha. – GRANDE BARTHOR!

       Hrafnkell não era tão musculoso, porém o que perdia em força, ganhava e muito na rapidez em que seus machados agiam em batalha. Ele batia seu horn ao seu, em comemoração. Estava já alto, assim como quase todos os homens em meio a comemoração à Freyr.

       - Ouviu falar que Jarl Leif planeja novas excurssões além mar? – Hrafnkell bebia mais alguns goles, enquanto saia do abraço ao pescoço de Barthor – Segundo ele, vê necessidade de mais recursos que outras terras podem nos oferecer. Quem sabe mais madeira boa para novos barcos?!

       A cidadela seguia bem, mesmo depois da falha da ultima tentativa de invasão. Esse erro custou a vida de alguns homens e velozes barcos. Diante desta arrogancia, o deus Uller castigara a cidadela com um rigoroso inverno para que os homens não se perdessem em suas fúteis ações. Jarl Leif fez sacrificios como forma de redenção aos seus erros e pediu para que ao fim do frio castigador, pudessem lhe ser oferecidos fartura nas plantações. Seu pedido lhe parecera ter sido escutado e as comemorações seguiram em agradecimento à justiça de Uller e generosidade de Frey.


[/hr]

SOLVEIG



HRAFNKELL
avatar
Manuxa

Mensagens : 69
Data de inscrição : 14/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Breyloke em Qua Jun 15, 2016 5:01 pm

Barthor levanta-se com um grande sorriso no rosto e após dá um bom gole na sua cerveja, vira-se para Hranfkell e diz:
- Grande Hranfkell !!!- segurando pelos ombros como sinal de amizade- meu amigo, furtivo como uma lebre em meio a neve HaHaHa... Se for a vontade dos deuses e do nosso grande lorde navegaremos para onde os ventos do meu senhor Thor desejar!!! Traremos orgulho aos nossos senhores e glória aos nossos nomes...

Servindo-se de mais cerveja e um bom pedaço de carne e tom de felicidade, Barthor questiona:

---Onde está nosso Lorde? - com uma grande risada em tom de comemoração, Barthor vira-se para procurar o seu senhor.
---O Deus Uller já terminou com o nosso castigo, pra onde será que navegaremos meus amigos?? Nossos nomes serão cantados após nossa viajem disto eu tenho certeza.
avatar
Breyloke

Mensagens : 60
Data de inscrição : 13/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Manuxa em Qua Jun 15, 2016 10:43 pm

Risos de comemoração ecoavam em meio as comemorações. Canecas e Horns de bebidas foram levantadas, hora sendo derramado seu conteúdo sem muito se importarem. A exaltação era em comum ao anseio de Balthor. Solveig juntou-se à comoção, havia sido deixado de lado por uma das duas a qual tentava também canta-la.

- BARTHOR! - Bradava Solveig - Você pode ter a atenção do grande Thor, mas as canções não terá somente seu nome e feitos! Se deixar, se chamará "Solveig, o quebra-ossos" HAAH!! HAHA hA HA!

Dava para notar o quão alto já estava Solveig. Um de seus braços abrava ao pescoço uma moça, de cabelos castanhos claros e quase soltos, que também o acompanhava nas bebidas. Hora ela permitia equilibrio à Solveig, em meio a risos e alegria. Hranfkell ria, após limpar a boca com as "costas" do braço. Procurava com os olhos pela presença do Jarl Leif ao local.
E sem muita demora, avistou a presença do mesmo. Sinalizou com o polegar pra Barthor onde ele tava.

Jarl Leif estava em uma das mesas centrais, mordendo um pedaço de carne com osso. Ao lado, seu filho, no qual a mãe morrera ao dar luz à ele, tava encostado conversando algo. Devido ao barulho, a conversa estava inaldível na distancia em que Balthor estava. Jarl Leif parecera atento às suas palavras, talvez até concentrado enquanto seus dentes arrancavam os pedaços de carne.

Jarl Leif era um homem de semblante sério. Não que não se permitisse divertir, mas a morte de sua esposa arrancara dele quaisquer intenções ou esperanças de felicidade. Deixou-se levar em focar objetivos em pró do interesses do povoado, do rei e também... de si mesmo.






JARL LEIF
avatar
Manuxa

Mensagens : 69
Data de inscrição : 14/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Breyloke em Qua Jun 15, 2016 10:57 pm

Após Barthor ver onde seu lorde estava, seguiu-se em direção ao mesmo, esperando ser reparado para então poder falar diretamente com grande líder da cidade. Barthor lembrou a triste perda da mulher do seu senhor, mas ele tinha toda a certeza que ela estava se divertindo em Valhalla já que foi uma Vikings exemplar enquanto estava entre nós, deixando um herdeiro homem para o nosso grande Jarl.

--Meu senhor, permita-me a palavra? Barthor faz uma reverência ao se aproximar do Lorde.
avatar
Breyloke

Mensagens : 60
Data de inscrição : 13/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Manuxa em Qua Jun 15, 2016 11:33 pm

Jarl Leif segurou o osso com uma das mãos e puxou com os dentes um pedaço da carne. Seu filho, Rurik, tava de pé, apoiado na mesa, com o rosto proximo ao do seu pai. Parou de conversar após ser interrompido pela fala de Balthor. Jarl Leif se desligou da conversa de seu filho ao notar a chegada de Balthor. Ergueu a mão, de forma singela, e mexeu os dedos em sinal de pedido para que converssassem depois.

- Balthor. - Rurik ergueu seu horn em cumprimento.

Jarl Leif arrastava o prato para o lado.

- Balthor, aproxime-se! - Convidava. - Quais questões o favorito de Thor me trás?




RURIK
avatar
Manuxa

Mensagens : 69
Data de inscrição : 14/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Breyloke em Qua Jun 15, 2016 11:46 pm

Barthor ergue Horn em sinal de respeito ao filho do seu Jarl e aproxima-se, aceitando o convite do seu senhor:
--Meu Senhor, Uller terminou com nosso castigo e Frey nos alimentou bem, estamos prontos e fevorosos para novas invasões, gostaríamos de saber para onde iremos dessa vez- Bathor se alimenta e bebe como uma pausa -- esse é o nosso momento. Seu povo próspera os deuses querem que continuemos a a mostrar nossos valores perante a eles.
avatar
Breyloke

Mensagens : 60
Data de inscrição : 13/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Manuxa em Qui Jun 16, 2016 8:59 pm

Jarl Leif deu uma risada grossa e abafada, vendo a animação do jovem rapaz.

- Ah, Barthor... Ha ha... - Ele se inclina mais para Barthor, dando a intenção que iria se levantar - Teu entusiasmo inspira e é renovador.

O velho Jarl terminara de se levantar da cadeira, caminhando para mais próximo da fogueira central ali acesa. Deu leves tapas nos ombros de Barthor. Trouxe consigo sua caneca, ainda pela metade, de sua bebida. Rurik o acompanhou com o olhar, observando-o. Pelo seu olhar já sabia o que iria falar e também dava para perceber que não escondia também um certo entusiasmo do que estava por vir.

- POVO DE KATTERGAT! - Bradou o velho Jarl erguendo sua caneca.

A sua voz havia chamado a atenção do que ali estavam comemorando. O silencio gradativamente ia se dando pelos curiosos às palavras do Jarl. Os que estavam mais afastados, foram se aproximando aos poucos e ele deu tempo para que chegassem, para então continuar a proferir suas mensagens.

- Erramos no passado e os deuses nos castigaram por esse erro. O inverno foi rigoroso conosco, eu sei... Mas as vezes não conseguimos entender a magnitude dos planos deles para nós. Eles nos castigaram, mas também nos pôs a prova a nossa resistência. E ao fim, provamos, mais uma vez, o quão forte nós somos! - Todos gritaram em comemoração por um momento e logo pararam para continuarem a ouvir - Isso foi para nos preparar para o que está por vir. E sabe o que eu vejo? - Deu uma pequena pausa de mistério - Eu vejo o mesmo caminho das águias. Eu vejo a glória além de onde nossas vistas alcançam! E o momento é justamente agora! Desceremos nossos machados aos que estão contra nós! Daremos aos deuses o sangue de sacrifício de nossos inimigos! Nos banharemos de glória diante de nossos adversários caidos!

A exaltação foi total. Havia um sorriso confiante aos lábios de Jarl Leif ao ver a resposta de seu povo diante de sua mensagem. A música recomeçada e a comemoração parecia ser maior ainda. Jarl Leif virou-se para Barthor, seguindo de volta em direção à cadeira de onde estava. Levou a mão às costas do rapaz, dando novamente os leves tapas.

- Já tens sua resposta?

Havia sido uma pergunta retórica. Deu risos abafados. Não esperou uma resposta direta de Barthor durante seu trajeto até sua cadeira, não significando que estaria o ignorando.

- Repassarei os planos amanhã... Por hora, comemore em agradecimento à Frey.
avatar
Manuxa

Mensagens : 69
Data de inscrição : 14/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Breyloke em Qui Jun 16, 2016 10:06 pm

Barthor, empolgado pelo que seu lorde acabara de dizer vibra em felicidade.
--- Nós entraremos para história, as pessoas tremerão ao pensar nós, as crianças vão nos idolatrar e as mulheres irão pensar em nós quando deitar-se com os seus homens HAHAHAHAHAHA!

Após algumas horas de festa,  Barthor decide ir pra casa, ele precisa está atento e com aspecto inspirador no dia seguinte, antes de dormir, ele pede proteção a seu pai Thor nessa nova jornada.
avatar
Breyloke

Mensagens : 60
Data de inscrição : 13/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Manuxa em Sex Jun 17, 2016 12:41 am

A comemoração seguiu noite adentro. Aos poucos todos foram terminar o seu "dia" na maneira que melhor lhe conviram: dormindo, com sexo ou travados de bebida. No dia seguinte alguns acordaram em meio aos animais, abraçados em baldes, quentes em suas peles de animais ou ao corpo de seu parceiro. A vida seguia em seu modo normal, exceto pela empolgação que a noticia no dia anterior havia proporcionado à todos. Houve uma comoção maior na tenda do Jarl. Homens se reuniram para traçar a melhor maneira de conquistar seus objetivos. Vilarejos de outros reinos eram boa parte de seus propósitos. Queriam seu ouro, seus recursos e o que mais pudessem lhe prover. Contactaram Earls vizinhos, em busca de apoio, e boa parte aceitaram.

Claro, toda aquela preparação demandava tempo, foram dias de preparação. Os vizinhos ajudaram como puderam: com homens, recursos e/ou barcos que chegaram em tempo para o dia da partida.

Com o mestre de Barthor não fora diferente. Apesar de viver longe da cidadela, ele ainda fazia parte dela e ajudava... da maneira dele. Sua presença fora requisitada para planejamento das conquistas. Estrategista nato. Perdera parte da movimentação da perna esquerda e um de seus olhos numa batalha. Desde então ele se mantém afastado de todos. Uns o chamam de covarde. Outros dizem que foi castigo dos deuses e ele terá que conviver com essas deficiências em seu corpo pelo resto de sua vida. Outros acham que ele deveria ir para batalha, mesmo com limitações, e morrer com honra. Enfim, Ahur pouco se importa com esses comentários.

Ele treina Barthor há anos e sempre foi muito exigente. Costumava bater-lo com um pedaço de madeira a cada vez em que Barthor fazia algum erro. Via também em seu pupilo algo a mais que apenas musculos e força... Sentia que as mensagens dos deuses se referiam à ele. E quando as notícias da épica batalha, ao qual o próprio Thor o abençoou, Ahur pôde ter a confirmação de que tanto desconfiara. Ensinou-lhe mais e mais, não somente a manejar um machado ou como de posicionar numa batalha, mas também como usufruir do presente dado pelo próprio Thor.

Anuh havia já voltado à cabana nas montanhas. Buscava, durante o caminho, cogumelos e algumas ervas para suas rotinas. Em uma das pedras, estava sentado, enquanto os comia olhando concentrado à sua frente.




ANUH
avatar
Manuxa

Mensagens : 69
Data de inscrição : 14/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Breyloke em Sex Jun 17, 2016 1:00 am

Barthor segue o caminho ao encontro do seu mestre, o qual tinha costumes estranhos mas o jovem pupilo nunca ousou questionar. Ao ver seu mestre sentado numa pedra a sua frente,
Barthor prontamente ergue seu horn.
--Meu mestre, dessa vez a viajem será mais longa que as outras, peço que fale com os desues pra abençoar nosso povo e nos favoreçam nessa nova jornada- com tom meio receosos Barhtor pergunta- Será que meu pai, tem algo a dizer pra mim antes que parta em em viajem? Eu sei que ele será estará comigo, me observando, mas há alguma mensagem ?
avatar
Breyloke

Mensagens : 60
Data de inscrição : 13/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Manuxa em Sex Jun 17, 2016 2:12 am

- O que é um pedido aos deuses se nada pode oferecer de volta? Acha que você faria algo de bom grado se não recebesse algo em troca? Se falar que não, é um tolo. - Continuava falando com o olhar ao horizonte e comendo os cogumelos em meio às pausas - Sempre estamos esperando algo em troca. E quando você faz, você sempre recebe, mesmo achando que não pediu nada.

Ele se levantou apoiado de seu pedaço de madeira, desviou seu olhar e os fixou em Barthor. Limpou as mãos na roupa e a boca com as costas das mãos. Arrotou e sentiu-se satisfeito. Fazia um tempo que não comia cogumelos.

- Se quer algo dos deuses, dê à eles algo de mesma importância. É para isso que os sacrificios servem.

Ao terminar de falar, pôs se em direção à sua casa. Ventava nessa altitude da montanha. Ele se portava como homem de meias palavras e não poupava esforços para dizer o que pensava como queria.

- Hmmmm.... Muita audácia dizer que ele é só seu pai, muleque. - Ele torceu a boca - O pai de todos não olha só por um.... mesmo se ele tenha favorecido ... - Deu uma pausa, tentando desamarrar um cordão de uma sacola - ...um aqui ou outro ali. Você ainda tem muita coisa para aprender e uma delas é buscar por si só as mensagens de nosso pai.

Ele estava ajeitando uns fios amarrados, no qual segurava algumas de suas sacolas de ervas. Falava com Barthor enquanto realizava seus afazeres.
avatar
Manuxa

Mensagens : 69
Data de inscrição : 14/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Breyloke em Sex Jun 17, 2016 2:26 am

Barthor já tinha esquecido como seu mestre agia, o tempo que passou nos vilarejos o deixou vulnerável perante a forma que seu mestre agir, e Barthor prontamente respondeu.
-- O senhor é muito sábio- Barthor faz um elogio tentando reverter o despeito agora feito --Irei sacrificar um dos animais que possuo para que nossa viajem seja tranquila e que os deuses abençoe meus irmãos guerreiros. Nosso pai, a de nós agraciar se sentir satisfeito com o sacrifício.
Barhtor começa a ajudar seu mestre nos afazeres, sempre esperando a permissão dele para fazer certas ações.
avatar
Breyloke

Mensagens : 60
Data de inscrição : 13/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Manuxa em Sex Jun 17, 2016 4:42 pm

Sem muita demora e de maneira ágil, Anuh bateu na cabeça de Barthor com força. Ajeitou-se de volta e continuou a separar as ervas que havia catado.

- Tolo. - Deu uma pausa para cortar um dos cordões com os dentes. - Perguntou pelo seu patrono e continua o mesmo distraído de sempre. Você pede palavras de Thor e te dou palavras de Odin. E mesmo assim não parou para questionar se havia algo de errado.

Ele parou de falar dando alguns risos abafados de reprovação. Entregou parte das ervas catadas para Barthor que pudesse ajuda-lo.

- Não seja cego ou surdo para o que está à sua volta.

Ele continuava a fazer os afazeres. Hora entregava algumas coisas para seu pupilo para que o ajudasse.

- Você ainda verá e conhecerá muitas coisas e terá que tomar decisões sérias. Thor confiou a ti seus conhecimentos, honre e use-os com sabedoria. Apesar de grandioso, nem todos conhecem a Thor e isso pode obscurecer sua ligação com o mesmo. - Deu mais uma pausa e colocou uma das mãos nos ombros de Barthor - É notável a sua empolgação além mar, mas não deixe que isso o atrapalhe.
avatar
Manuxa

Mensagens : 69
Data de inscrição : 14/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Breyloke em Sex Jun 17, 2016 6:11 pm

Aproveitando o momento com o sábio, Barthor capta todas informações passadas, cada palavra dita o jovem guerreiro sabe que lhe servirá para o seu crescimento.
--Não vou deixar minha empolgação sobrepor a racionalidade nas minhas ações, pensar antes de agir é importante. - Barthor continua ajudando seu mestre ora para beber água ou coisas do gênero-- Levarei suas palavras comigo para além mar-- Barthor ficou meio relutante em suas próximas palavras, mas após respirar fundo ele diz---Mesmo com essas invasões que faremos, sinto curiosidades de como essas pessoas além mar vivem...
avatar
Breyloke

Mensagens : 60
Data de inscrição : 13/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Manuxa em Dom Jun 19, 2016 4:32 pm

- É, espero que você pense sim. E pense muito. Vai precisar.

Anuh gargalha da própria piada caçoando o pupilo. Boa parte das ervas haviam sido separadas, mas ainda havia trabalho para o mestre.

- Deixe essas coisas ai, que agora é comigo. Não se atrase. Há uma expedição lá em baixo à sua espera. - Anuh indicava com os olhos a direção do caminho ao porto do vilarejo. Dava para notar uma comoção nas proximidades dos barcos - Sua curiosidade será saciada assim que a hora chegar. Só não se frustre quando você encontrar as mesmas coisas que aqui: árvores, grama e gente estranha. Isso tem em todo lugar.

O mestre termianva de falar, amarrando as ervas separadas. Outras deixava em cima da tábua, enqunato que, algumas selecionadas, iam para o almofariz.

avatar
Manuxa

Mensagens : 69
Data de inscrição : 14/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Breyloke em Dom Jun 19, 2016 5:17 pm

Barhtor então arruma suas coisas para retornar à vila.
--Agradeço pela conversa, meu mestre, sempre proveitoso falar com o senhor.
Barhtor então segue seu curso a Kattgat. Ao chegar próximo a  vila Barhtor reflete sobre o que seu mestre tinha lhe dito, referente à como agradar os desus e de que deveria buscar por meios próprios como se comunicar com Thor, seu protetor, resolve passar em casa antes para fazer seu sacrifício. Barthor tem alguns porcos e cabras eu seu cercado, os quais foram presente do seu Jarl, o jovem guerreiro então para a frente do seu cercado e fecha os olhos, ergue a mão e deixa que o vento a direcione para um dos animais, ao abrir os olhos, tinha uma cabra olhando para Barthor, como se ela desejasse ser escolhida, o sinal era mais que claro bara o jovem guerreiro, então ele a retirou do cercado e amarrou em sua mão,  Barthor então tocou a cabeça da cabra como sinal de respeito aos deuses pela oferenda, então ele colocou uma cubuca em baixo do pescoço do animal, ele sacou uma adaga com um movimento leve e abaixou de frente a cabra, colocou seu rosto ao dela para que pudesse escutar a respiração a qual não mostrava sinal de assustada ou nada, Barthor ali começava a orar pros deuses e em especial Thor. No décimo primeiro suspiro do animal, Barthor enfio a adaga na jugular dela, o animal tremeu mas alguns segundos após já não havia mais vida nela e sangue jorrava para a cubuca. Barthor esperou a cubuca encher e então deitou o corpo do animal e com sangue já acumulado, o guerreiro começou a desenhar runas eu seu corpo para que assim pudesse se conectar com seu protetor, ao finalizar os desenhos Barthor sentou e respirou fundo segurando a adaga ainda com sangue e meditou pedindo esclarecimento na sua jornada.
avatar
Breyloke

Mensagens : 60
Data de inscrição : 13/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Rolagem FDV

Mensagem por Breyloke em Dom Jun 19, 2016 6:18 pm

Fdv
avatar
Breyloke

Mensagens : 60
Data de inscrição : 13/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Rolagem FDV

Mensagem por Admin em Dom Jun 19, 2016 6:18 pm

O membro 'Breyloke' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'd10' : 10, 4, 4, 8, 9, 1, 7

Admin
Admin

Mensagens : 24
Data de inscrição : 13/04/2016

Ver perfil do usuário http://cdvm.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Manuxa em Dom Jun 19, 2016 6:39 pm

Barthor fechou os olhos. Sua respiração aos poucos foi-se acalmando, seguindo o vento local. Sentia o tempo ir passando e sua mente se desligando ao barulho alheio. Fios de cabelos soltos, dançavam à brisa. Iam para lá.... e voltavam... para lá... e voltavam... hora encostavam em sua pele de leve.

A brisa de primavera vinha com o cheiro da relva que já havia nascido e que aos poucos acompanhava o caracteristico frio das alturas das montanhas. Fora ficando mais frio, mas de maneira suave. Mas lhe parecia ser coisa de sua mente. Buscava abstrair esses incomodos, pois queria encontrar o caminho até seu deus... anseiava por respostas. Queria saber o que estariam guardando para ele. Tesouros? Glória? Mulheres? .... Valhalla?

Tava ficando mais dificil se concentrar em seu desejo curioso, pois o frio estava se intensificando. Assim também como o vento. Agora seus cabelos não mais dançavam, apenas chicoteavam-no contra sua pele. Incomodado, Barthor abrira os olhos. Ele estava em meio a campo vasto e coberto por neve!

Sua mente confusa buscava entender onde estava, mas mal conseguia abrir os olhos em meio aquela nevasca. Barthor ouvia ao longe uivo. Uivo longo. Se seus olhos não tiverem mentido, talvez tivesse a silhueta de algo correndo ao longe.

- Hart er í heimi, hórdómr mikill - era o que ecoava em seus ouvidos - skeggǫld, skálmǫld, skildir ro klofnir, vindǫld, vargǫld"....  

Parecia que a voz vinha de trás de sua nuca. Institivamente Barthor vira o seu rosto para onde achava que a voz vinha. Mas nada tinha ali. Era apenas ele e aquele campo.

- ... áðr verǫld steypiz. Mun engi maðr... - Agora parecia vir de todo lugar.  

Ao seu rosto virar pra frente, notou que estava face a face com um que parecia ser um lobo grande e branco... sua boca suja de sangue acompanhava até o peito do mesmo... e cada passo que dava deixava rastro de sangue pára atrás.

- ... ǫðrom þyrma.

Concluia a voz quando os quatro olhos daquele gigante animal, que rosnava, encontrava os olhos de Barhor. O corpo do rapaz não mais se mexia. Ele não conseguia, pois estava concentrado demais na indecisão de seguir seus instintos e fugir pelo medo que lhe causara a de continuar a demonstrar coragem ao que estava ali à sua frente. Os grunidos se intensificaram vindo assim os rosnados e dentes sujos de sangue à amostra. O hálito batia ao rosto de Barthor, que respirava tenso. A impaciencia do lobo mostrava ao rapaz que tava próximo o seu fim. Mal concluia esses pensamentos, ele só vira o vulto daquele animal voando com a boca em sua cabeça.

- Barthor?!! - Hrankfell falava alto, dando uns tapas no rosto de Barthor - Acorda! ôôÔ!


-----------
Tradução:
[Isso é duro no mundo, prostituição corrente... — uma era de machado, uma era de espada (e o sol surge), escudos são despedaçados]
[uma era de vento, uma era de lobo, antes que o mundo vá precipitadamente.]
[Nenhum homem terá misericórdia para com o outro.]
avatar
Manuxa

Mensagens : 69
Data de inscrição : 14/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Breyloke em Dom Jun 19, 2016 11:27 pm

Barthor acorda acorda assustado do seu transe, ofegante pela situação que acaba de ver...
--Hrankfell- ofegante e respirando fundo Barthor se apoia no ombro do seu amigo para levantar-se -- Tive uma visão pesada, não sei se foi um aviso do Ragnarok ou uma grande guerra está por vim.
Barthor ergue-se ainda lembrando dos olhos do lobo, e das palavras ditas, Barthor não mostrava preocupação não só pelo fato da profecia do lobo, mas sim porque aquilo era pra ser uma interação com seu Pai o que não ocorrerá. Virando-se para seu colega Hrankfell, questiona:
-- O que te traz aqui meu amigo ??? - ainda refletindo tudo aquilo.
avatar
Breyloke

Mensagens : 60
Data de inscrição : 13/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Manuxa em Seg Jun 20, 2016 8:02 pm

Hrankfell tirou o sorriso do rosto quando ouviu a palavra "Ragnarok". Sua espressão degradava do espanto à preocupação e por fim à confusão. Vira o seu amigo encostado nas madeiras e próximo à ele, o ritual de sacrifício. De primeira, seus pensamentos levaram à hipotese do amigo ter cochilado em meio à sua conversa com os deuses.

- O que me trás aqui? Você ainda pergunta? - Indagou o amigo de Barthor - Estamos já para partir e encontro você cochilando aqui.

Hrankfell deu a mão à Barthor para ajuda-lo a levantar. Seu semblante ainda continuava confuso, beirando à reprovação diante do estado do amigo.

- Bora logo! Levanta. Não sei que pesadelo foi que você teve nesse cochilo, mas prefiro que me conte depois que já partirmos daqui. Não quero perder mais tempo aqui. Temos uma terra à marcar com nossos machados, esqueceu?!
avatar
Manuxa

Mensagens : 69
Data de inscrição : 14/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Breyloke em Seg Jun 20, 2016 8:19 pm

Barthor escuta as palavras reconfortantes do seu amigo, mesmo assim ainda reflete sobre o que viu.
--Você está certo, devemos nos apressar, quando retornarmos questionarei ao meu mestre esse meu sonho, os deuses gostam de pregar peças.
Barthor entra em para verfirificar se está tudo no lugar, ao sair de casa ele ergue seu Horn como sinal de que está tudo certo para viajem, com seu Martelo em um lado da cintura, sua espada no outro e o escudo nas costas, Barthor já estava mais que pronto para partir, a caminho do Porto, Barthor negocia com alguma mulher para que possa tomar conta dos seus animais enquanto ele estiver fora, obviamente ela será bem recompensada com o retorno dele.
avatar
Breyloke

Mensagens : 60
Data de inscrição : 13/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Manuxa em Seg Jun 20, 2016 10:55 pm

A mulher com quem Barthor negociava, aceitara cuidar dos animais em sua ausencia. Ela deu um sorriso malicioso [66'] após as negociações e de longe observava o homem partir em direção aos barcos. Rurik, o filho do Jarl, conversava com o pai os últimos detalhes daquela expedição junto com alguns homens. Enquanto isso Hrankfell acompanhava Barthor em seu caminho em direção aos barcos. Durante o trajeto, pegou uma gaiola com corvos e algumas sacolas com a outra mão jogando-a para que Barthor segurasse e o ajudasse a levar ao barco. Eram mantimentos.

- Será que Thor vai nos testar no trajeto? - Perguntava despreocupado em relação à tempestados em meio ao mar - Acho que será mais divertido assim.

avatar
Manuxa

Mensagens : 69
Data de inscrição : 14/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Breyloke em Seg Jun 20, 2016 11:17 pm

Barthor rio perante a pergunta do seu fiel amigo.
--Hahaha se essa for a vontade dele, ele pode se divertir as nossas custas, e sim seria mais divertido.
Após abastecer algumas barcos ajudando seu amigo e os outros, Barthor dirigi-se ao seu Jarl para pedir a benção antes da partida, o guerreiro faz uma reverência de respeito ao seu senhor e diz:
--Meu Jarl, agora eu parto, mas retornarei com a glória para Kattegat e ao senhor.
avatar
Breyloke

Mensagens : 60
Data de inscrição : 13/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Manuxa em Ter Jun 21, 2016 7:43 pm

Animado, Jarl Leif cumprimenta Barthor após suas palavras. Não deixaram de ser animadoras. Rurik apenas assentiu com o rosto quando o viu chegar.

- E é o que espero de voces. - Respondeu o Jarl com um sorriso no rosto - Rezarei aos deuses para estarem com vocês a cada passo!

- Meu pai - O jarl virou para o seu filho - Agora aqui me dispesso de você.

Um longo abraço pode ser assistido entre o pai e filho. Mas também, dava para se perceber o orgulho do pai ver o filho, á um homem, seguir o desconhecido com coragem.

- Barthor... - Rurik vira-se para o rapaz, erguendo o braço para um aperto tradicional, como demonstração de companheirismo. - .... é nós que voa, bruxão. [NÃO RESISTI]

avatar
Manuxa

Mensagens : 69
Data de inscrição : 14/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DOUGLAS] - Caminho dos deuses

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum